Devir Updates


Updates

Acompanhe aqui todas as atualizações do Devir
21 de novembro de 2018

Devir – Retalhos de 13/11 a 19/11

Amor, sexo, família, dinheiro, trabalho, e tantas outras fatias do mesmo bolo da vida. Mas a vida não é um bolo para você fatiar. E mesmo […]
14 de novembro de 2018

Devir – Retalhos de 05/11 a 12/11

Rugas não estão na pele. Nem rugas são. Aqueles demônios que guardamos, sufocados por nossa civilidade, buscam ansiosamente brechas no corpo que aprisiona para respirar. Linhas […]
14 de novembro de 2018

Devir – Retalhos de 30/10 a 05/11

Vivemos a perigosa época de uma espécie de política transformada em opressão religiosa. Muito pior que ver a doxa curvar-se perante a episteme pelo viés do […]
29 de outubro de 2018

O Mistério da Matrix Humana, #devir52

– Será que vai ser dessa vez que a GeniusCorp nos engole de vez? A GeniusCorp é uma organização criada, formada e dirigida exclusivamente por aquilo […]
22 de outubro de 2018

O Amor entre Mutum e Surdus, #devir51

Mutum traz uma jovialidade que vivenciamos raras vezes em nossas vidas. Uma beleza natural que se expressa na informalidade dos pequenos gestos e trejeitos. Vê-la desperta […]
15 de outubro de 2018

Coachlólogo, #devir50

Coachs e mentores de todas as espécies, de todos os cantos, de cada buraco, estamos repletos deles pelo mundo. Mas não é novidade. Gurus existem desde […]
8 de outubro de 2018

A morte da Política, #devir49

Personalidades do mundo todo reconhecem como uma vitória democrática a eleição ocorrida naquele país, eleição esta que selaria décadas de horror político e desumanidades que nos […]
1 de outubro de 2018

O erro está na dúvida? #devir48

Por muito tempo usei esta frase em vários momentos da minha vida, como também personifiquei uma espécie de coach espiritual para alguns amigos, afirmando que o […]
24 de setembro de 2018

Medo de ser livre, #devir47

– Carol, espero nunca morrer antes de morrer. Ela lembra do seu avô, uma vida sem vida dedicada àquelas atividades recreativas para a “melhor idade”, bocha, […]
17 de setembro de 2018

Música para danças fractais, #devir46

Veja Guilherme, se entregando ao espontâneo instantâneo. Perde toda noção de si mesmo, esquece da pseudo-existência de sua própria individualidade, simplesmente, perde-se. Nesta perdição seu corpo […]
10 de setembro de 2018

Alquimistas Sociais, #devir45

– Manja A.S.P.O.N.E.? – continuou Roberto. Renato – com a cara de quem vê a nave do Independence Day baixar sua sombra sobre a Terra – […]
3 de setembro de 2018

That’s how the light gets in, #devir44

– Negócios? Tenho esperança numa sociedade onde não existam mais negócios. Engravatados multimilionários de um dinheiro que não existe, que não possuem, que flui em um […]
27 de agosto de 2018

Muito bem, filho! #devir43

“Mamãe, veja o que eu fiz.” “Parabéns! Você fez certinho!” “O André pegou meu lápis azul e eu chamei a professora pra dizer que ele roubou […]
20 de agosto de 2018

Finis Rex Mundi, #devir42

Depois de tanto tempo juntos é óbvio que muito do que sentimos interpenetrava nossos corações em rede. E todos, de uma maneira ou de outra, sentíamos […]
13 de agosto de 2018

O medo tem medo de si mesmo, #devir41

Aquele órgão começa a tocar na sala. Estou no longo corredor por onde escorrem as alegrias e lágrimas refugiadas da exposição de minhas fraquezas. Ele está […]
6 de agosto de 2018

Paradoxo do será? #devir40

E não estamos ficando estúpidos demais, tapados demais, burros demais? Todos pensamentos repetitivos, tornamo-nos papagaios dos piratas sobre suas montanhas de criptomoedas douradas. Doutores da gestalt, […]
30 de julho de 2018

O motor da fúria na direção da mercabah terrestre, #devir39

– Caramba Josué, não estou aguentando mais, por que você tá assim? – Assim, como? Porra! – Josué grita olhando para o nada, revoltado, não contra […]
23 de julho de 2018

Só temos uns aos outros, #devir38

Vivia na culpa, pedindo desculpa. Uma educação patriarcal, machista, guerreira em constante dissenso com o querer aproximar na amorosidade paterna assombrada pela proposital cegueira materna. Tudo […]
16 de julho de 2018

Conhecimento vivo, #devir37

Vivemos frequentando os mesmos lugares. Não importa o endereço, a maior parte deles são os mesmos, organizados do mesmo jeito, topologicamente viciados no movimentar que condiciona […]
9 de julho de 2018

Somos o primeiro de uma nova espécie social, #devir36

– Estou no presente? No início? De onde… do que? Sócrates não entendia como podia ainda estar vivo. Mas vivo em qual tempo? Memórias embaralhadas por […]
2 de julho de 2018

Antítese Fotográfica, #devir35

Quando abro meus olhos, vejo o espaço. Não há passado ou futuro. Não há possibilidades ou probabilidades. Apenas uma permanente contemporaneidade com o que está se […]
25 de junho de 2018

Os mais evoluídos bichos espirituais, #devir34

Manuel tinha uma vida considerada por muitos como exemplar, perfeita. Alguns diziam que ele tinha um “quê” de divino, mistérios e segredos ocultos que rodopiavam em […]
18 de junho de 2018

Impossível de acontecer, #devir33

No início, queríamos apenas ser mais populares, conquistar mais curtidas e seguidores. Era nosso ganha-pão. Com milhões de pessoas nos acompanhando éramos remunerados pela visualizações das […]
11 de junho de 2018

Criador de mundos, #devir32

Odã nasceu no continente africano. Certo dia, estando junto com seu pai cuidando das plantações, recebeu uma visita inusitada. Nando, como Odã, tinha apenas 8 anos, […]
4 de junho de 2018

Somos quem podemos ser? #devir31

Não estou falando de quem é realmente muito famoso, rico ou tenha muito poder. Todas essas coisas somente alguns podem ser mesmo, ainda mais em uma […]
28 de maio de 2018

Desliberdade, #devir30

– O seu problema é que você está com os olhos fechados para as desigualdades! – Como assim? De forma alguma? Todos devem ter igualdade para […]
21 de maio de 2018

Ecce hominibus lux, #devir29

Na caverna secreta da cova dos leões; resistindo ao controle; bombeando sangue para minha humanidade. Talvez, meus últimos minutos, minhas últimas reflexões nesta rede com interferência […]
14 de maio de 2018

Eu quero total e mútua entrega, #devir28

– É sempre um mesmo sentimento que me incomoda muito. Apesar de serem situações diferentes, os sonhos têm isso em comum. Hoje sonhei que ela estava […]
7 de maio de 2018

O caçador e o assassino, #devir27

Por um longo tempo temos caminhado. Nosso grupo não é grande. Somos eu e mais 13 pessoas. Algumas amigas, cinco filhotes, dois anciãos e outros homens. […]
30 de abril de 2018

Pátria: uma invenção, #devir26

Estávamos já deitados na cama. Eu, vendo aquela série no Netflix e ela, no seu celular, pra variar. – Você sente-se um latino? – ela pergunta. […]
23 de abril de 2018

O conhecimento é filho do desejo da descoberta, #devir25

Eu estava puta. Fui entregar meu trabalho de conclusão na faculdade, que, modéstia à parte, estava incrível. Além de grande conhecimento sobre o assunto, tenho vasta […]
16 de abril de 2018

Inteligência coletiva não é a soma das galinhas individuais, #devir24

— Muito bem, meus caros ouvintes, aqui estamos juntos para mais um fenômeno de inteligência emergente. A plateia está cheia hoje, não é mesmo, Silva? — […]
9 de abril de 2018

O que eu tenho, doutor?, #devir23

Não dava mais. Passava mal em todo lugar que ia. Naquele estado em que me encontrava as pessoas sempre me olhavam com estranheza, com uma certa […]
2 de abril de 2018

O fim do mundo único, #devir22

Entrei correndo para a palestra desse cara. Todos na universidade estavam falando sobre ele, um expert em inovação. Bom, me parecia legal. Cheguei meio atrasado. Ao […]
26 de março de 2018

A arte de dizer “não”, #devir21

Juvêncio dizia sim pra tudo. Conhecido como uma pessoa super gentil, estava disposto a fazer coisa sempre. Não gostava de decepcionar as pessoas. Sempre evitava discussões, […]
19 de março de 2018

Receita para o tempo, #devir20

Verônica é uma arquiteta. Em seu escritório trabalha com mais duas pessoas. Uma que ajuda no atendimento e outra que dá uma força geral nos projetos. […]
12 de março de 2018

Os três flagelos de deus: Gaia, Cronos e Zeus, #devir19

Estavam Gaia, Cronos e Zeus, preocupados como em nenhum outro momento da eternidade, em plena discussão sobre a humanidade. Com toda potência que exerciam sobre nós, […]
5 de março de 2018

Aceite o seu descontrole sobre tudo, #devir18

O Guto é meu amigo há muitos anos. Eu já me acostumei com ele, mas imagine um cara que, em qualquer coisa que faz, quer sempre […]
26 de fevereiro de 2018

Quando parei de ensinar, ela começou a aprender, #devir17

Ela foi até a estante repleta de livros. Olhou… olhou… Pegou um e começou a folhear. Devolveu. Pegou outro: – Ah, este sim! E se sentou […]
19 de fevereiro de 2018

É por isso que sou feliz, #devir16

Uma amiga disse para mim que eu sou uma pessoa feliz. Bom, acho que me considero feliz sim. Talvez por ser muito otimista, talvez porque de […]
12 de fevereiro de 2018

Primeira carta de Deus para a Humanidade, #devir15

Quando comecei a criar o universo onde lhe permito habitar, estava muito inspirado. Haveria de ter uma harmonia em tudo, portanto, me dediquei a inventar as […]
5 de fevereiro de 2018

Diálogos da Maia e Êutica sobre escola, #devir14

Maia – O que é escola? Êutica – É o lugar onde você aprende. Maia – Mas a escola é um lugar? Êutica – Como assim? […]
29 de janeiro de 2018

Pessoagrafia, #devir13

Vitória. Minha mãe uma vez me disse que foi isso que ela sentiu eu dizer pra ela quando, ainda grávida, me perguntou: Qual seu nome? Já […]
22 de janeiro de 2018

Escola: pra que mesmo?, #devir12

Eu tenho dois filhos, um casal. Meu menino tem 8 anos, chama Claudio. E a Bianca, tem 11 anos. Estão prontos para ir à escola. Entramos […]
15 de janeiro de 2018

O melhor momento do seu dia, #devir11

Você não quer acordar. Dormiu mal. Após ter deitado, estando pra pegar no sono, você resolveu iluminar seu rosto perdido em si mesmo com a luz […]
8 de janeiro de 2018

Contos do senhor barba enxadrista, #devir10

Estava caminhando quando ouvi um senhor anunciar em alto e bom som na praça: – Quem quer a sabedoria sem dificuldade, ter sucesso sem nenhum esforço […]
1 de janeiro de 2018

Os contextos dos sentidos imprevisíveis , #devir9

O Sr. Passus despertou. Espreguiça, senta, bebe seu copo de água. Vai ao banheiro e, ao se ver no espelho, se desconhece se reconhecendo. Ele estava […]
25 de dezembro de 2017

Quem somos nós?, #devir8

Quantos de nós existem por aí? Há um conceito no budismo tibetano chamado tulku. Na tradição tibetana a explicação que se dá é que tulku é […]
18 de dezembro de 2017

Folha solta do diário de Antonio Zeroastro, de 13 de maio de 2021 – Me deixe ser, #devir7

Não quero, não gosto, me nego. Me deixe em paz, quero ser o inútil que você tanto repudia e lhe amedronta. Sou a pessoa das coisas […]
11 de dezembro de 2017

Invisível à sombra do entre-nós, #devir6

O Rômulo não olha mais pra mim. Saiu outra espinha no nariz. Reprovei no exame de ballet. Fiquei de recuperação de geometria. Aquele professor tarado de […]
 

Receba minha Newsletter


>