Junte-se a uma rede de pessoas que lhe desafia
pensar diferente sobre como o mundo funciona


Ao deixar seu email você vai receber as instruções para fazer parte da comunidade, além de atualizações e novas histórias diretamente na sua caixa de entrada.

 

Olá, sou Marcelo Maceo.

Netweaver, escritor, designer e empreendedor.
De astronautas a futuristas, de empreendedores a artistas, estamos criando uma revolução humana. A revolução da pessoa.
Compartilho ideias e visões emergentes que inspiram e conectam estes incríveis rebeldes criativos a viverem de forma mais humana e inovadora.

SAIBA MAIS

Sua entrada para mundos imprevisíveis

Histórias que lhe desafiam pensar diferente sobre novas formas de convivência, aprendizagem, espiritualidade, política e empreender. Por vezes provocadoras, outras divertidas, toda segunda envio uma nova narrativa no seu email.
Além disso, ilustro cada uma dessas narrativas com um estilo próprio que uso para esta série, disponibilizando as artes em impressão glicée com certificação internacional.

SAIBA MAIS
 

Confira as últimas narrativas do Devir

24 de setembro de 2018

Medo de ser livre, #devir46

– Carol, espero nunca morrer antes de morrer. Ela lembra do seu avô, uma vida sem vida dedicada àquelas atividades recreativas para a “melhor idade”, bocha, […]
17 de setembro de 2018

Música para danças fractais, #devir46

Veja Guilherme, se entregando ao espontâneo instantâneo. Perde toda noção de si mesmo, esquece da pseudo-existência de sua própria individualidade, simplesmente, perde-se. Nesta perdição seu corpo […]
10 de setembro de 2018

Alquimistas Sociais, #devir45

– Manja A.S.P.O.N.E.? – continuou Roberto. Renato – com a cara de quem vê a nave do Independence Day baixar sua sombra sobre a Terra – […]
3 de setembro de 2018

That’s how the light gets in, #devir44

– Negócios? Tenho esperança numa sociedade onde não existam mais negócios. Engravatados multimilionários de um dinheiro que não existe, que não possuem, que flui em um […]
27 de agosto de 2018

Muito bem, filho! #devir43

“Mamãe, veja o que eu fiz.” “Parabéns! Você fez certinho!” “O André pegou meu lápis azul e eu chamei a professora pra dizer que ele roubou […]
20 de agosto de 2018

Finis Rex Mundi, #devir42

Depois de tanto tempo juntos é óbvio que muito do que sentimos interpenetrava nossos corações em rede. E todos, de uma maneira ou de outra, sentíamos […]
 

Receba o Devir no seu email, toda segunda




Esteja conectado nas mídias sociais!
 
  • Norbert Wiener em Cibernética e sociedade
    Não passamos de remoinhos num rio de água sempre a correr.
    Norbert Wiener em Cibernética e sociedade
  • Máxima Zulu
    Umuntu ngumuntu ngabantu (uma pessoa é uma pessoa através de outras pessoas)
    Máxima Zulu
  • John Guare em Six degrees of separation
    Toda pessoa é uma nova porta que se abre para outros mundos.
    John Guare em Six degrees of separation
  • Augusto de Franco em Fluzz
    Todas as pessoas são feitas de todas as outras pessoas.
    Augusto de Franco em Fluzz